Pages

É seguro comprar pela internet?

São tantos casos de fraude que vemos nos noticiários e jornais em relação às compras feitas pela internet que até hoje não se sabe ao certo se realmente é seguro realizar uma compra pela internet ou não. E neste artigo, nosso objetivo é esclarecer esta dúvida e dar algumas dicas de como fazer uma compra segura pela internet.

Além de facilitar em relação ao tempo e deslocamento, permitindo que o usuário possa fazer sua compra no conforto de sua casa, as ofertas na internet também possuem um atrativo a mais, os preços. É comum que os preços de produtos ofertados pela internet sejam mais baratos que os mesmos produtos ofertados em uma loja física.

Isso faz com que as compras na internet sejam muito atrativas. Existem sim, sites confiáveis onde podemos fazer compras pela internet, mas é preciso tomar certos cuidados para que não caia em nenhuma armadilha comprando em um site que não seja seguro. Por este motivo vamos passar algumas dicas de como identificar se a compra está sendo feita com segurança.

1°) Evite fazer compras em computadores públicos e utilizar redes wi-fi abertas.
- Utilize sempre computadores ou dispositivos próprios e de preferência em uma conexão de internet privada e com senha (de preferência a internet de sua casa, protegida com senha).
2°) Verifique a segurança de seu computador ou dispositivo eletrônico.
- Mantenha seu computador e dispositivos sempre protegidos contra vírus que possam buscar e utilizar suas informações pessoais contra você.
3°) Verifique se o site onde pretende realizar a compra é seguro.
- Confira os selos de segurança nos sites, como por exemplo, em alguns sites é possível identificar um ícone de cadeado na parte inferior do navegador ou em sua barra de endereços. O símbolo indica o uso de um certificado digital SSL (Secure Socket Layer), importante recurso de segurança.
4°) Verifique as informações que a empresa disponibiliza no site.
- Em maio de 2013, entrou em vigor o Decreto Federal nº 7962/13, que determina uma série de obrigações para o e-commerce no Brasil, entre elas, que a loja on-line informe em local visível número de CNPJ, endereço físico e número de telefone.
5°) Pesquise a reputação da empresa.
- existem diversos lugares para esta pesquisa, como; Procon-SP (mantém uma lista de sites brasileiros de comércio eletrônico que devem ser evitados), Google (possui diversos fóruns de opiniões a respeito da empresa) e o mais conhecido, o Reclame Aqui (registra reclamações sobre empresas das mais diversas áreas).
6°) Confira as condições de uso e políticas de privacidade de suas informações.
- Nessas condições são informados como suas informações são utilizadas e se as mesmas estão seguras e não serão repassadas para qualquer outro tipo de serviço, como concordar automaticamente em receber ofertas de empresas parceiras por e-mail, por exemplo.
7°) Não grave informações no site para compras futuras.
- Quando realizamos compras com o cartão de crédito, corremos o risco de, se o site for invadido, seus dados ficarem expostos para que terceiros possam utilizá-los em compras indevidas em seu nome.
8°) Verifique o prazo de entrega dos produtos.
 - Quando o prazo é muito longo, normalmente a empresa não possui o produto em estoque, o que significa que a espera pode ser longa, pois a empresa pode ultrapassar o prazo ou não conseguir entregar o item.
9°) Verifique o comprovante de compra.
- A empresa deve enviar por e-mail um comprovante da compra, onde constam o número do pedido, descrição do(s) item(s) comprado(s), prazo de entrega e até mesmo número de rastreio do objeto em alguns casos.
10°) Fique atento aos seus direitos.
- Por lei, o consumidor que faz compras pela internet tem o direito garantido à devolução do produto em até sete dias úteis caso não fique satisfeito com a mercadoria. Isso é chamado de “Direito ao Arrependimento”. A desistência deve ser comunicada por escrito (via carta ou e-mail) com solicitação de comprovante de recebimento. Neste caso, o consumidor tem direito ao reembolso total dos valores pagos, inclusive do frete.
11°) Redobre os cuidados.
- Além de verificar todas as etapas anteriores, para facilitar a compra e diminuir os riscos de fraude, é recomendável fazer a transação a partir de serviços como o PayPal, que permitem o uso de cartão de crédito internacional nas compras sem que, no entanto, o lojista obtenha o seu número.
12°) Compartilhe experiências.
- Procure algum local na internet para escrever sobre sua experiência de compra. Você estará ajudando outros internautas a saberem se uma loja é confiável ou não.
Com estas dicas fica fácil realizar uma compra segura pela internet. Em caso de dúvidas, busque sempre por mais informações. Não realize uma compra sem verificar a segurança de seus dados e a reputação da empresa, para que não possa se arrepender futuramente.

A Integrate espera ter ajudado os novos e já experientes compradores em todas as dúvidas para uma boa compra. Caso precise de maiores esclarecimentos, estamos disponíveis no telefone (31) 3344-8177. Conheça também nossos serviços em nossa Central do Cliente.




Autor(a): Carolina Cordoval Melo

Carolina Cordoval Melo - Redatora Web - Integrate Software e Technology

Redatora Web pela empresa Integrate Software e Technology especializada em Inbound Marqueting e Marqueting de Conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário