Diferença entre hacker e cracker

São palavras bem parecidas, mas possuem significados diferentes no mundo da tecnologia. Os dois termos servem para descrever pessoas com habilidades com computadores e redes, mas cada um dos termos utiliza suas habilidades de formas diferentes.

Quando falamos de invasões, roubo de informações ou disseminação de vírus, é comum pensar que foi um trabalho foi feito por um hacker. Mas se engana quem pensa desta forma. Estes dois termos foram criados para que seja possível diferenciá-los. Vamos explicar.
HACKER
A palavra hacker foi criada na década de 1950 para descrever modificações inteligentes em relés eletrônicos.
Um hacker é um indivíduo que possui conhecimentos profundos na informática e utilizam seus conhecimentos para contribuir de maneira positiva para o mundo da computação; para conhecer novos programas, alterar softwares e hardwares, fortalecer sistemas de segurança e rede de computadores, desenvolvendo novas funcionalidades ou adaptando antigas funcionalidades para grandes empresas e até governos, de forma ética e profissional.
É muito comum hackers serem convidados para trabalhar em instituições que necessitam de proteção de dados e proteção contra ataques virtuais. São contratados geralmente para descobrirem possíveis vulnerabilidades que poderiam ser utilizadas para uma invasão.
CRACKER
O termo cracker apareceu pela primeira vez em 1985, disseminados pelos próprios hackers em sua defesa, para que não fossem confundidos com os hackers que praticavam roubo, vandalismo ou qualquer prática ilegal na internet.
Um cracker é um indivíduo que possui conhecimentos profundos na informática e utilizam seus conhecimentos com objetivos obscuros. Especializados em quebra de códigos, quebra de sistema de segurança, de softwares, roubo de informações, disseminação de malwares, vandalismos e diversas outras práticas ilegais na internet.
Com estes atos ilícitos, os crackers ganham poder, fama e dinheiro. E por ter um conhecimento computacional muito grande, fica difícil conseguir identificar e apanhar estes crackers, pois eles conseguem se superar a cada dia.

Resumindo; Os hackers utilizam seus conhecimentos para obter soluções de segurança, desenvolver novas funcionalidades e utilizam seus conhecimentos de forma legal. Já os crackers utilizam seus conhecimentos de forma ilegal, para ganhos pessoais, fama e poder.
Apesar dos dois termos representarem a mesma habilidade, é vistos como o lado bom e o lado mal da força tecnológica. E apesar dessa separação não agradar a todos, é bem aceito no meio tecnológico.
Agora que você conhece os dois termos, será capaz de identificar um do outro. Com os artigos da Integrate, você aprende tudo sobre o mundo web. Fique atento para nossos artigos semanais.

Conheça nossos serviços em nossa Central do Cliente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário