Pages

A diferença entre “Mega”, “Megabit” e “Megabyte”


Muitas pessoas não conhecem a diferença entre as unidades de medida de banda larga da internet. E muitos outros se confundem com a diferença estre essas medidas. Existe sim uma grande confusão quanto a essas medidas, e por isso é importante conhecer suas diferenças.

Vamos especificar o que significa cada medida e explicar suas diferenças.
“Mega”
O prefixo “Mega” é uma unidade não existente, criada apenas para abreviar os termos “Megabit” e “Megabyte”. O que leva muitos consumidores de planos de banda larga fixa ao engano.
“Megabit”
O bit é a menor unidade de medida. Conhecida também pela abreviação “Mbps” (Megabit por segundo), é a taxa de transferência usada em comunicação e mede a quantidade de megabits transferidos por segundo. É uma unidade de transmissão de dados equivalente a 1.000 kilobits por segundo ou 1.000.000 de bits por segundo.
*Uma internet de 10 Megabites por segundo é o equivalente a uma internet de 1,25 Megabytes por segundo, por exemplo.
“Megabyte”
O byte é uma unidade de transmissão de dados também conhecida por “Mb/s” e representa o equivalente a oito vezes mais o número de bits. Ou seja, cada 1 byte equivale a 8 bits.
Agora vamos entender qual a confusão causada pela falta de conhecimento do significado destas medidas.
Existem diferentes formas de representar o tamanho de um arquivo. A ideia desses termos é facilitar a representação dos tamanhos. Entretanto, no caso das conexões de internet, esses “Megas” parecem dificultar a compreensão das grandezas.
A velocidade das conexões de rede e internet são medidas em Megabits enquanto os computadores medem a velocidade de download em Megabytes. Isso confunde um consumidor na hora de contratar um plano de internet banda larga.
Quando o cliente baixa algum arquivo relativamente pequeno, ele acredita estar usando uma pequena parcela de seu plano, quando na verdade está chegando bem próximo ou quase ultrapassando seu limite. E é justamente nesta hora que surge a grande quantidade de reclamações.
Para este cliente, ele pagou por um plano, por exemplo, de 10 Mega” como anunciado pela operadora, e acredita que seu plano permite downloads na mesma medida. A confusão se dá pela confusão no entendimento das medidas, o que é muito utilizado pelas operadoras para influenciar na venda do plano. Por isso conhecer a diferença entre essas medidas se faz muito importante para não haver problemas futuros quanto a insatisfação com o plano solicitado.
Vamos a um exemplo:
As operadoras oferecem um plano de “10 Mega” a um preço bem atrativo. O cliente adquire este plano, e ao baixar um arquivo de 10 Gigaytes, acredita que seu arquivo será baixado em 1024 segundos, ou seja, 17 minutos e 4 segundos. Mas o cliente percebe que seu arquivo levará 8129 segundos para ser baixado, ou seja, 2 horas, 16 minutos e 32 segundos. Mas porque isso acontece?
O que acontece é que enquanto os clientes não se informam sobre a diferença das medidas para download, a operadora se aproveita da inocência dos clientes e não especifica de forma bem clara se o plano oferecido é de “10 Megabits” ou “10 Megabyte”. E é desta forma que surgem a quantidade de reclamações nas operadoras, e que quase sempre o cliente é quem está errado.
Até porque a Anatel estipula que as operadoras são obrigadas a oferecer no mínimo 20% deste pacote contratado. Então muitas vezes as operadoras estão dentro do limite do plano contratado e o cliente não se dá conta. É por isso que devemos sempre ficar atentos às informações que nos são passadas e procurar conhecer os dados para não podermos passar por problemas e insatisfações.
Então recapitulando, o prefixo Mega, é apenas uma abreviação que pode ser usada tanto para o termo Megabits quanto para o termo Megabyte. O termo Megabit é oito vezes menor que o termo Megabyte.

Fique de olho! Não perca os artigos da Integrate e fique sempre por dentro do mundo da Web. E não deixem de deixar seu comentário para que possamos sempre lhe trazer novidades interessantes.




Autor(a): Carolina Cordoval Melo

Carolina Cordoval Melo - Redatora Web - Integrate Software e Technology

Redatora Web pela empresa Integrate Software e Technology especializada em Inbound Marqueting e Marqueting de Conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário