Pages

O poder das Mídias Digitais

Desde os primórdios do tempo, o homem tem a necessidade de representar a realidade, seja na forma se imagens ou na forma de escrita. Já na pré-história os homens usavam de ocre e carvão para deixar registrado nas paredes das cavernas, suas experiências e aventuras através de imagens.

Não muito tempo atrás, o maior meio de comunicação e notícia a que os jovens e também os adultos estavam expostos eram os jornais e telejornais. A televisão e a mídia impressa eram a verdade absoluta em quesito de informações, e estas mesmas informações colaboraram para o desenvolvimento racional de seus espectadores e leitores. Eram as suas informações assuntos comentados em escolas, rodas de bar, reuniões sociais e de trabalho. Era desta forma que a sociedade interagia e discutia o que lhes era apresentado por essas mídias.
Embora na maioria dos lares brasileiros a televisão seja um ponto presente e ainda ser o principal meio usado pela população brasileira para se informar, esta está perdendo espaço, assim como a mídia impressa, para a internet e suas redes sociais entre os grupos mais jovens. E como os jovens de hoje são os futuros senhores e senhoras do amanhã, o impacto que a internet vem causando, principalmente na televisão, faz com que as emissoras precisem encontrar soluções para evitar perder mais espaço. A televisão sofre uma forte pressão para se adaptar, e evita confirmar os estudos sobre suas quedas de “IBOPE”, pois corre o risco de perder muita receita de seus patrocinadores e anunciantes.
Mas em contrapartida, a televisão é o principal assunto hoje na mídia digital, ou seja, o conteúdo atualizado na web (38%) diz respeito ao que se passa hoje na televisão. Este conteúdo alimenta as discussões nas redes sociais, principalmente entre os jovens. Mas isso não quer dizer que estes jovens assistem muita televisão. De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Instituto Ipsos Marplan, 64% da população brasileira faz uso da internet simultaneamente com a televisão e destes 64% apenas 24% dá mais atenção ao conteúdo apresentado na televisão que o conteúdo apresentado nas mídias digitais.
Hoje, a maioria dos brasileiros conectados possui o hábito de se informar pelas mídias digitais, o que indica a evolução deste meio de informação, que conta com sites de notícias, blogs, redes sociais e muitos outros. Esta migração da imprensa tradicional (televisiva e impressa) para as mídias digitais foi chamada de “Revolta do Guarda Chuva” cujo nome é uma alusão aos guarda chuvas usada por manifestantes para se defenderem do gás lacrimogêneo jogado pela polícia na China.

Isso porque a internet é o meio de comunicação que mais cresce no Brasil e o meio que mais capta a atenção de leitores e consumidores. Embora as informações disponíveis não sejam as mais confiáveis por grande parte destes internautas, através da internet é possível buscar os meios de informações em que possam confiar e analisar diferentes ângulos daquela informação.
E desta forma vemos que a internet se tornou um veículo poderoso, já que segundo pesquisa feita pelo Ministro Thomas Traumann, da Secretaria de Comunicação Social, um quarto da população que acessa a internet, passa mais tempo conectado na web do que na frente de uma televisão. E este veículo de informações se tornou uma grande plataforma de divulgações de fatos reais, protestos, alertas e dicas para todos os assuntos.
E justamente por isso, todos precisam entender que não se pode mais esconder nada da população, pois em determinado tempo, seja curto ou longo, a informação correta vai aparecer. Os internautas hoje estão mais exigentes em questão de conteúdo e mais céticos em questão de sua veracidade, buscando e divulgando informações para comprovar ou não a informação repassada.
Para que você possa ter uma ideia do poder das mídias digitais, foi por causa desse crescimento que surgiram vários projetos de alguns governos para restringir o acesso à internet e consequentemente à informação, que visa acabar com esta arma, que possui a capacidade de criar e mover protestos ao redor do mundo.
Este artigo nos deixa com algumas perguntas, como: A televisão como conhecemos hoje vai acabar? A mídia impressa vai desaparecer? Se sim, vai demorar? Não sabemos o que vai acontecer com os outros formatos de mídia, mas o que podemos dizer, é que a mídia digital só tende a crescer.... 

E sua empresa não pode ficar de fora deste veículo em expansão da informação. Traga sua empresa para a Integrate, hospedando seu site, e-mails, criando mídias digitais e muito mais e fique por dentro de todas as novidades no mundo tecnológico.






Autor(a): Carolina Cordoval Melo

Carolina Cordoval Melo - Redatora Web - Integrate Software e Technology

Redatora Web pela empresa Integrate Software e Technology especializada em Inbound Marqueting e Marqueting de Conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário