Pages

O que é o Joomla!?

O nome "joomla" (pronuncia-se djumla) é de origem árabe e significa "todos juntos".


O Joomla! Foi lançado no ano de 2006 e é uma plataforma chamada de CMS (Content Management System) ou SGC (Sistema de Gerenciamento de Conteúdos), que permite a criação de sites na internet e o gerenciamento de conteúdo.


O Joomla! oferece uma grande flexibilidade na produção de sites, pois é um CMS com um design customizado, disponível em quase todos os idiomas, e mantido por webmasters de todo o mundo.

Ele também é utilizado para o desenvolvimento de catálogos de produtos e/ou serviços, lojas virtuais, blogs, jornais, revistas online, portais de conteúdo, entre outros formatos.

Com o sistema de gerenciamento de conteúdo, esta ferramenta permite que o usuário mantenha o controle de cada parte do conteúdo em seu site. O conteúdo podem ser textos, imagens, vídeos, documentos, etc.

O Joomla! é um software livre, o que significa que é desenvolvido em código aberto (licença GNU/GPL) e conta com a contribuição de milhares de programadores para melhorar o software.

Seu sistema é desenvolvido em linguagem PHP e sua base de dados no MySQL. Por ser mantido por uma comunidade muito grande de webmasters, o Joomla! está sempre em evolução. Por isso hoje, a ferramenta é a CMS em maior expansão no mercado, o mais procurado e com maiores recursos disponíveis.

A plataforma conta com uma grande vantagem entre as outras, por ter uma diversidade de extensões (mais de 100.000) disponíveis por inúmeros programadores, de forma gratuita ou comercial, mas sempre em código aberto, adicionando novas funcionalidades, sem a necessidade de refazer ou reprogramar seu site.

Componentes, módulos e plug-ins são atualizados constantemente. Além disso, existe uma grande oferta de templates prontos, que agilizam o processo de criação de sites com rapidez.

Faz parte do Joomla!, os componentes, que são aplicações pré-desenvolvidas, que podem ocupar uma parte da central do site. São mini-aplicativos dentro do Joomla!.

Também os módulos, que são extensões utilizadas para a realização de uma função específica.  Por exemplo, existem módulos de formulário de contato, de códigos de validação, últimas notícias, etc

Os plug-ins são scripts que realizam um determinado evento. Como, por exemplo, temos os editores de texto que criam tabelas, com o efeito sanfona.

O elemento mais importante no desenvolvimento do site é o template. Muitas pessoas os confundem com sites prontos ou sites temáticos. Um template é um layout (páginas de modelo ou vestimenta) sem conteúdo, para simplificar o processo de criação. Quando necessário, o layout também pode ser trocado, modificando o visual do site sem precisar reconstruí-lo. Como se fosse uma troca de roupa.



Mas a dificuldade para quem quer ter um site, não é só a criação dele, mas também a manutenção. No Joomla!, a administração do site é feita através de uma página na internet. Por ela, podem ser feitas as inserções de plug-ins, componentes, pacotes e alterações em geral, tanto no site quanto em seu conteúdo.

Como a comunidade de desenvolvedores Joomla ao redor do mundo, é muito unida, isso permite que se tenha um suporte para qualquer pessoa física ou empresa que decida adotar o sistema com sua plataforma CMS.

Com uma equipe especializada em Joomla, a Integrate oferece um leque de opções para a construção do seu site e ainda, orientações e manutenção para seu melhor aproveitamento desta plataforma.

Faça parte da comunidade do software que recebeu o prêmio de melhor CMS Open Source em 2011.





Autor(a): Carolina Cordoval Melo

Carolina Cordoval Melo - Redatora Web - Integrate Software e Technology

Redatora Web pela empresa Integrate Software e Technology especializada em Inbound Marqueting e Marqueting de Conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário